Porto Velho (RO) sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Endividado, consumidor comprará menos no Natal


Maria Fernanda Blaser - Agência O Globo SÃO PAULO - O excesso de compras parceladas e empréstimos deixou, pelo menos, 61% dos consumidores com a corda no pescoço. Endividados, eles deverão restringir as compras de Natal neste ano. - Os dados mostram que 34% dos consumidores endividados não vão pagar seus débitos. Em 2005, eram 19%. Por conta desses números, esperamos um crescimento nas vendas de 1% neste Natal - afirma o diretor executivo da Federação do Comércio de São Paulo (Fecomercio), Antonio Carlos Borges. Segundo a Fecomercio, a maioria dos endividados é mulher (62%) e ganha até três salários-mínimos (76%). - O percentua ldaqueles que não pretendem pagar a dívida é maior entre quem tem mais de 35 anos. Isso porque muitos idosos estão endividados com o crédito consignado - diz Borges. Ângela Santos, de 32 anos, não pretende gastar neste Natal. - Ainda estou pagando dívidas de móveis - comenta ela, que está com o nome sujo. - Não vou comprar presente de Natal. Emílio Alfiere, economista da Associação Comercial de São Paulo, estaca que as compras à vista cresceram 5,7% e o crediário, 3,5%. - O consumidor sabe que está no limite de endividamento. Por isso, passou a comprar sem parcelar.

Mais Sobre Política - Nacional

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro apresentou nesta quarta-feira (5) um projeto de lei (PL) para regulamentar a exploração de atividades econômicas em terras

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Nos últimos anos voltou à tona a discussão sobre o excesso de regulamentação profissional no Brasil, numa   verdadeira afronta ao disposto no art. 5º,