Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Em reunião do plenário do STF, ministros criticam o CNJ


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - Durante sessão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) que discute uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que concede férias coletivas para os juízes, os ministros fizeram duras críticas às últimas decisões do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), órgão presidido pela ministra Ellen Gracie, que também preside o STF. O ministro Marco Aurélio Mello disse que, quando foi criado o CNJ, ele fez a previsão de que estava sendo criado um superórgão. Segundo Marco Aurélio, é hora de o Supremo começar a atuar.- Não sou bruxo, mas quando se discutiu a criação do CNJ apontei que estaríamos diante da previsão de criação de um superórgão. Me mostrei estarrecido - afirmou.O ministro Ricardo Lewandowski disse que o CNJ tem a natureza eminentemente administrativa, e não legislativa ou judiciária, que não pode inovar em matéria legislativa. Na opinião dele, o CNJ deveria ser como o Tribunal de Contas da União (TCU), apenas um órgão auxiliar.- Não é possível que num Estado democrático de direito um órgão administrativo se expresse com força de lei. Ele não pode expedir regulamentação e nem pode cercear atos e garantias individuais dos cidadãos - afirmou Lewandowski.A ministra Ellen Gracie não está participando da sessão.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que