Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Eleições vão custar R$ 600 milhões. Sete estados receberão tropas federais


Isabel Braga - (Agência O Globo)BRASÍLIA - O diretor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Athayde Fontoura Filho, anunciou que a previsão dos custos das eleições é de R$ 600 milhões, somados os gastos com um possível segundo turno. Em 2002, a realização do pleito gerou um gasto de R$ 480 milhões, enquanto que em 2004 foram gastos R$ 534 milhões.De acordo com Athayde, o TSE já autorizou o envio de tropas federais para sete estados, com o objetivo de garantir a segurança e a realização das eleições no próximo domingo. O Piauí foi o estado que mais solicitou tropas, ao todo para 90 municípios, sendo que 30 municípios já foram confirmados e 60 ainda estão em análise.O TSE informou que serão utilizadas em todo o país 380 mil urnas e ainda há um estoque com mais 50 mil para serem usadas em caso de problemas ou defeitos. A previsão é de que o índice de quebra de urnas seja de 0,08%. Já a estimativa é que os eleitores demorem 40 segundos para votar nos cinco cargos.Para trabalhar nas eleições serão empregadas três milhões de pessoas, sendo 1,6 milhão de mesários, 13 mil contratados diretamente, entre outros.A previsão do TSE é que o primeiro balanço da apuração dos votos seja divulgado por volta das 19h do domingo, em razão do fuso horário. A expectativa é que, por volta da meia-noite de domingo, 90% da totalização dos votos estejam apurados.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a