Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dirigente do PT receberá R$ 100 mil da Comissão de Anistia


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - A Comissão de Anistia aprovou na última quinta-feira a condição de anistiado político do presidente do PT em São Paulo, Paulo Frateschi, que terá direito a uma indenização de R$ 100 mil, a ser paga em prestação única. Durante a ditadura militar, Frateschi atuou no movimento estudantil, integrou o grupo Ação Libertadora Nacional (ALN) e foi preso várias vezes. Em 1969, ficou 69 dias preso e em 1973 sua prisão durou 23 dias. Frateschi, que é um do fundadores do PT, também respondeu a inquérito policial militar.Formado em ciências sociais, Frateschi começou a dar aulas na década de 80 e atuou no movimento dos professores. Além da indenização, ele poderá contar o tempo em que foi perseguido para efeito de aposentadoria. No PT, Frateschi faz parte do grupo da ex-prefeita de São Paulo Martha Suplicy.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di