Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dirceu diz que vai processar Alckmin por acusá-lo de criar o mensalãov


Agência O GloboBRASÍLIA - O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu promete entrar com ação na Justiça, por crime de calúnia, contra o tucano Geraldo Alckmin. No debate de domingo na TV Bandeirantes, Alckmin acusou Dirceu de ser o mentor do mensalão. Em nota postada nesta segunda-feira em seu blog, Dirceu, que teve seu mandato de deputado casado por suposto envolvimento com o mensalão, diz que o tucano cometeu um crime contra sua honra e imagem quando afirmou textualmente que "o mensalão foi feito dentro do Planalto, no terceiro andar, pelo seu chefe da Casa Civil"."Trata-se de um crime contra minha honra e imagem. Vou acionar o candidato tucano na Justiça. Espero que ele não se retrate como fez o irmão de Celso Daniel, quando chegou a hora de comparecer perante a Justiça e confirmar suas calúnias contra mim", diz o petista.Dirceu diz ainda que afirmação do ex-governador paulista é uma calúnia, e promete "provar na Justiça que não existiu mensalão". O ex-ministro diz ainda não temer ser investigado, e afirma que foi cassado por razões políticas."O ex-governador Geraldo Alckmin, se que ser presidente da República, precisa respeitar os devidos processos legais, a presunção da inocência e, assim, reconhecer meu direito de defesa. Caso contrário, ele mesmo pode vir a ser vítima da injustiça que fez comigo", diz o ex-ministro.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.