Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilma se reúne com Requião e vai também ao Nordeste


Ana Paula de Carvalho - Agência O GloboCURITIBA - Num movimento de aproximação dos governadores que assumiram no dia 1º, a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, se reuniu nesta terça-feira em Curitiba com o governador do Paraná, Roberto Requião, que pediu verbas para obras na área de energia elétrica e para o porto de Paranaguá. Depois do encontro, Dilma anunciou que vai se encontrar também com governadores da região Nordeste do país. A reunião deve acontecer depois do anúncio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), nome dado ao pacote econômico costurado pelo Ministério da Fazenda que deve sair em duas semanas.Dilma disse que as reivindicações recebidas de Requião foram "legítimas e coerentes", e que terá agora de analisar sua viabilidade. Ao comentar pedido de verbas para Paranaguá, ela criticou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que proibiu a tomada de preços de competidores internacionais para a operação de dragagem dos portos.- É uma necessidade fazer processos de licitação internacionais para proporcionar dragagens a preços mais competitivos do que os de hoje. No governo anterior ao nosso, isso foi proibido, mas como foi uma portaria é fácil revogar essa decisão - afirmou ela, que visitou o porto de Paranaguá para ouvir sugestões sobre gestão portuária, cuja padronização também deve ser contemplada pelo PAC.A ministra disse que o PAC tem como foco o investimento em algumas áreas, principalmente logística e infra-estrutura urbana. Na área energética, a prioridade é destinar verbas para a construção de hidrelétricas. Nesse sentido, o governo do Paraná solicitou a liberação de recursos de R$ 4 bilhões para as obras da Hidrelétrida de Mauá.- O aumento dos financiamentos para a área de energia também compõe o PAC e essa é uma questão fundamental, tanto para o Estado quanto para a União - afirmou ela.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni