Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilma se reúne com Requião e vai também ao Nordeste


Ana Paula de Carvalho - Agência O GloboCURITIBA - Num movimento de aproximação dos governadores que assumiram no dia 1º, a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, se reuniu nesta terça-feira em Curitiba com o governador do Paraná, Roberto Requião, que pediu verbas para obras na área de energia elétrica e para o porto de Paranaguá. Depois do encontro, Dilma anunciou que vai se encontrar também com governadores da região Nordeste do país. A reunião deve acontecer depois do anúncio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), nome dado ao pacote econômico costurado pelo Ministério da Fazenda que deve sair em duas semanas.Dilma disse que as reivindicações recebidas de Requião foram "legítimas e coerentes", e que terá agora de analisar sua viabilidade. Ao comentar pedido de verbas para Paranaguá, ela criticou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que proibiu a tomada de preços de competidores internacionais para a operação de dragagem dos portos.- É uma necessidade fazer processos de licitação internacionais para proporcionar dragagens a preços mais competitivos do que os de hoje. No governo anterior ao nosso, isso foi proibido, mas como foi uma portaria é fácil revogar essa decisão - afirmou ela, que visitou o porto de Paranaguá para ouvir sugestões sobre gestão portuária, cuja padronização também deve ser contemplada pelo PAC.A ministra disse que o PAC tem como foco o investimento em algumas áreas, principalmente logística e infra-estrutura urbana. Na área energética, a prioridade é destinar verbas para a construção de hidrelétricas. Nesse sentido, o governo do Paraná solicitou a liberação de recursos de R$ 4 bilhões para as obras da Hidrelétrida de Mauá.- O aumento dos financiamentos para a área de energia também compõe o PAC e essa é uma questão fundamental, tanto para o Estado quanto para a União - afirmou ela.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul