Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilma diz que está na hora da participação das mulheres no mundo



Vladimir Platonow
Agência Brasil


Rio de Janeiro - A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, defendeu hoje (21) maior participação das mulheres na política e na condução das empresas.

Perguntada sobre a possibilidade de seu nome ser lembrado como candidata a Presidente da República Dilma respondeu: “Está na hora da participação das mulheres no mundo, está na hora de presidente de empresas, tudo isso é algo que está sendo cada vez mais reconhecido.

Foi-se a época em que a mulher era considerada uma cidadã de segunda qualidade que portanto só podia participar de algumas atividades. Este século 21 é dos negros e das mulheres e isso vai ser muito bom para o mundo”, afirmou Dilma.

A ministra participou no Rio da entrega do prêmio O Equilibrista, do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças que este ano homenageou a diretora de Gás e Energia da Petrobrás, Maria das Graças Fortes.

 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu