Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilemas partidários freiam decisão para Previdência e Transportes


Agência O Globo RIO - A reforma ministerial que está compondo o gabinete do segundo mandado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ser concluída nesta semana, com a definição de quem serão os titulares da Previência e dos Transportes. Os dois candidatos mais cotados estão às voltas com obstáculos e dificuldades criados nos últimos dias por seus partidos. Cotado para o ministério que responde por um setor que consome 8% do PIB nacional, o presidente do PDT, Carlos Lupi, reconhece sua inexperiência em cargo executivo, mas diz que a sensibilidade o credencia. Em reportagem publicada na edição deste domingo do jornal "O Globo", Lupi diz que "experiência só se adquire com o tempo". - Minha grande experiência na Previdência é ter a sensibilidade da dor de uma mãe que vive de um salário - disse o político, que foi jornaleiro e conta que concluiu os estudos com trabalho e ajuda da mãe, que ficou viúva quando ele era adolescente. ( Leia a reportagem completa no Globo Digital) Carlos Lupi já era dado como certo na pasta, mas como a bancada do PDT apoiou inicialmente a CPI do Apagão Aéreo, Lula passou a trabalhar com a possibilidade de chamar para o cargo o secretário nacional do PDT, Manoel Dias. Para provar que tem a bancada sob controle, Lupi conseguiu fazer com que os deputados ajudassem o governo a sepultar a CPI na votação na Câmara. Mas ele ainda aguarda um telefonema do presidente, confirmando o convite. Nos Transportes, o dilema é criado pela possibilidade de criação da Secretaria Nacional dos Portos, que ficaria com o PSB. O problema é que isso reduziria poderes do ministério, prometido ao PR (ex-PL). Agora, o partido estaria pressionando o ex-ministro e atual senador Alfredo Nascimento (AM) a recusar o convite para voltar à Esplanada. O governo não parece disposto a ceder ao PR, que, com o ministério, facilitaria o cumprimento de uma meta ambiciosa: crescer de 23 deputados eleitos para 50 até meados deste ano, como relata "O Globo" desde domingo.( Leia mais no Globo Digital Na sexta-feira, Lula deu posse a mais três ministros: Marta Suplicy (Turismo), Reinhold Stephanes (Agricultura) e Walfrido dos Mares Guia.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu