Segunda-feira, 15 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Desempenho de professores explica sucesso de alunos


Agência O Globo BRASÍLIA - O bom desempenho dos alunos de 4ª e 8ª séries de 33 escolas públicas brasileiras não pode ser associado a um único motivo, mas a um conjunto de fatores combinados. Em todas as escolas, um dos motivos para o êxito no Prova Brasil foi o desempenho dos professores. A maioria apresentou compromisso em relação à escola, aos alunos e a comunidade. Com nível superior completo e constantes aperfeiçoamentos, eles se mostraram exigentes, pacientes e criativos com os alunos. A conclusão é do estudo Aprova Brasil, o direito de aprender, divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A pesquisa avaliou 33 escolas em 14 estados e no Distrito Federal, selecionadas por terem alcançado um bom desempenho no exame Prova Brasil e por suas condições socioeconômicas. - Emocionou-me muito que, dentro de todas as pesquisas, as perguntas, todos os professores falavam bem dos alunos. Ninguém mencionou nenhuma coisa ruim a propósito deles. E os alunos falam bem dos professores - disse a representante do Unicef no Brasil, Marie-Pierre Poirier. Em 25 escolas, os alunos foram reconhecidos como os grandes responsáveis pelo sucesso. Nesses casos, eles atuaram como sujeitos ativos no processo de aprendizagem. Em 21 escolas, o bom desempenho foi atribuído a boas propostas pedagógicas e a utilização de vários recursos na aprendizagem. Um exemplo apontado no estudo foi o combate à evasão escolar. Em algumas escolas selecionadas, quando um aluno falta, uma equipe de visitadores vai à casa da família saber o que aconteceu. Em 18 escolas, o bom desempenho dos alunos se deveu à participação da comunidade no cotidiano escolar, como o envolvimento dos pais e parcerias firmadas com empresas, associações de moradores, universidades e organizações não-governamentais. Em uma das escolas, por exemplo, as mães de alunos que estavam desempregadas participavam de oficinas de profissionalização, como uma oficina de construção de brinquedos. A produção das mães acabava sendo utilizada pelas próprias crianças. De acordo com o Unicef, os resultados do estudo Aprova Brasil serão utilizados para o desenvolvimento de programas que apóiem escolas em todo o Brasil, a partir das soluções das escolas pesquisadas.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)