Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Depoimento de Vedoin aponta deputados e senadores como operadores de esquema das ambulâncias


Maria Lima e Alan Gripp (Agência O Globo)BRASÍLIA - Mais do que jogar lama sobre a atuação parlamentar de cerca de um quinto do Congresso, o depoimento do empresário Luiz Antonio Trevisan Vedoin, prestado durante nove dias à Justiça Federal, revela que deputados e senadores não só se corromperam com propinas, mas operaram pessoalmente o esquema de fraudes nas licitações da milionária máfia das ambulâncias.Até então acreditava-se que a parte dos parlamentares no esquema era só a apresentação de emendas, mas o documento, obtido com exclusividade pelo Globo, mostra que cabia também aos parlamentares, cooptar prefeitos de todo país para direcionarem as licitações em favor da Planam e de dezenas de outras empresas criadas em nomes de laranjas, para abocanharem as emendas.Os encontros dos deputados e senadores com os prefeitos, muitos com a presença do próprio Vedoin e seus representantes, se davam nos gabinetes do Congresso, em hotéis, em escritórios e até em chácharas. No depoimento Luiz Antonio detalha como começou o maior esquema já identificado até agora com emendas no Congresso Nacional. Diz que tudo começou com o deputado Lino Rossi (PTB-MT), que o apresentou a outros parlamentares. Os primeiros que iniciaram a rede de corrupção, a partir de Rossi, foram João Grandão(PT-MS), Ricarte de Freitas(PTB-MT) e Nilton Capixaba(PTB-RO), que se encarregaram, por sua vez, de cooptar outros parlamentares para o esquema que inclui hoje 115 deputados e senadores.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di