Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Delegado defende manutenção de piloto e co-piloto do Legacy no Brasil


Bernardo de la Penã - Agência O GloboBRASÍLIA - O delegado da Polícia Federal Renato Sayão, responsável pelas investigações da queda do vôo 1907 da Gol, defendeu nesta quarta-feira a manutenção da decisão judicial que proíbe que os americanos Joseph Lepore e Jan Paul Palladino, respectivamente piloto e co-piloto da Legacy que bateu no Boeing 737-800, deixem o país até o fim das investigações.Para Sayão, a decisão é boa porque não se sabe a que conclusão as investigações vão chegar. Ele acredita que, se voltarem para os Estados Unidos, dificilmente piloto e co-piloto serão responsabilizados, caso fique comprovado que eles têm responsabilidade na queda do Boeing.- Não sei a que conclusão a investigação vai chegar, se são culpados ou não - disse o delegado.Segundo Sayão, a investigação deve seguir três linhas: verificar se os pilotos seguiram as normas internacionais de segurança; se os controles de tráfego aéreo funcionaram; e se houve falha mecânica. Sayão informou que a investigação da PF será feita paralelamente à da Aeronáutica.O delegado, que esteve reunido nesta tarde com o comando do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutico), disse que vai ouvir Lepore e Palladino na semana que vem. O delegado disse que ainda não marcou o depoimento dos controladores de vôo, que também serão ouvidos, e afirmou que as investigações têm pelo menos 30 dias de prazo, que podem ser prorrogados, se necessário. Os dois pilotos devem ser ouvidos em Brasília.Em uma tumultuada entrevista, sem sair do carro em que estava, Sayão disse que a investigação da Aeronáutica é sigilosa e que a PF seguirá o mesmo padrão. O delegado disse que solicitou dados sobre as gravações das conversas com os controladores de vôo.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.