Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

DATAFOLHA: Sobe para 11 pontos vantagem de Lula sobre Alckmin


Agência O Globo RIO - Pesquisa realizada na terça-feira pelo Datafolha, a primeira depois do debate de domingo na TV Bandeirantes entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), mostra que aumentou para 11 pontos a vantagem do petista sobre o tucano. A intenção de votos em Lula subiu de 50% para 51%, em relação à pesquisa anterior, no dia 6 de outubro. Alckmin caiu três pontos, de 43% para 40%. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Considerando apenas os votos válidos, excluindo brancos e nulos, o candidato do PT à reeleição tem 56% contra 44% do ex-governador de São Paulo. Entre os eleitores consultados, 43% disseram que Alckmin venceu o debate, enquanto que para 41% o vencedor foi Lula. O Datafolha entrevistou 2.868 eleitores em 194 municípios de 25 Estados. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 21.972/2006.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu