Porto Velho (RO) sábado, 14 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cristovam: 'Não quero ser o candidato aspirina'


Agência O GloboRIO - O candidato do PDT a presidente, Cristovam Buarque, reafirmou nesta quarta-feira sua disposição em ser o porta-voz da educação. Em entrevista à rádio Bandeirantes, Cristovam disse que prefere ser conhecido como "candidato de uma nota só", do que como "candidato aspirina".- Não vou me ajustar ao que as pesquisas de opinião e os marqueteiros sugerem. Sou um candidato com causa. Candidato com causa perde voto, mas não perde a causa - afirmou.Segundo Cristovam, há diversas propostas para resolver a questão da violência, como a inclusão de jovens e a coordenação das polícias estaduais, mas a maioria é paliativa.- Isso tudo é aspirina. A paz só virá com a educação. Prefiro ser candidato de uma nota só, do que candidato aspirina - disse.O candidato, que foi ministro da Educação do governo Lula, criticou a gestão do petista.- A gaveta do presidente Lula está cheia de projetos que eu deixei lá. Ele não fez em quatro anos e não vai fazer. Não está na alma dele a idéia de que a revolução é a educação. No centro dele, está a questão da economia - afirmou o ex-ministro, que acrescentou:- O problema do Lula não é não ter diploma. É que ele não liga para que os outros tenham diploma. Eu vou fazer com que todos tenham diploma.Durante a entrevista, Cristovam repudiou o discurso dos demais candidatos que, segundo ele, concentram suas propostas na área econômica.- Estamos prisioneiros na esquerda e na direita dessa prática de que a economia é o centro. Mas eu acho que a educação é que vai mudar a economia - disse.Para acabar com os escândalos de corrupção, Cristovam também acredita que a solução está na educação. Ele defende, no entanto, que a corrupção seja enquadrada como crime hediondo. E sugeriu algumas medidas para amenizar o problema, como o fim da reeleição e a quebra do sigilo bancário e fiscal de todos os políticos.- Se fizer isso, dá um basta. Mas não é isso que vai resolver. Só a revolução educacional é que será capaz de fazer com que esse país não tenha mais corrupção no futuro.O candidato defendeu ainda a realização de um segundo turno na disputa presidencial.- O Brasil precisa ter segundo turno. Temo uma postura autoritária de um presidente eleito no primeiro turno.

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p