Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

CPI dos Sanguessugas pode entrar no STF contra PF


Carolina Brígido e Luiza Damé - Agência O GloboBRASÍLIA - O deputado Raul Jungmann (PPS-PE), vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, quer entrar com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a Polícia Federal (PF). Ele reclama que, até agora, a CPI não recebeu oficialmente o relatório parcial das investigações policiais sobre a tentativa de compra por petistas de um dossiê contra políticos tucanos. Na ação judicial, seria pedido que a PF enviasse o documento imediatamente à comissão.- Isso configura um crime e um verdadeiro desrespeito ao nosso trabalho. Estamos diante de um caso de obstrução da investigação por parte da Polícia Federal. Eles não nos enviaram nenhuma folha de papel. O relatório que eu tenho aqui foi me entregue pela imprensa. Nem sei se é verdadeiro - acusou o deputado.Já a PF diz que o juiz da 2ª Vara Federal de Cuiabá (MT), Jeferson Schneider, orientou a instituição a não repassar dados da investigação diretamente à CPI dos Sanguessugas. Segundo a assessoria, a CPI deve pedir ao juiz as informações, que só seriam entregues ao presidente da comissão, Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ). A assessoria da PF negou que as investigações sejam lentas, mas afirmou que não entraria em polêmica com o deputado.Jungmann anunciou que apresentará a sugestão ao presidente da CPI, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-SP). Caberá a Biscaia decidir entrar com a ação, em nome da comissão. O parlamentar também deverá propor que a CPI se reúna nesta segunda-feira, dia 23, para discutir sobre a possibilidade de não interromper o trabalho durante a semana. Jungmann quer que alguns investigados prestem depoimento antes do segundo turno - entre eles, Abel Pereira, que é ligado ao ex-ministro da Saúde, José Serra.Jungmann também reclamou que o relatório da PF foi vazado à imprensa antes mesmo de chegar às mãos dos parlamentares da comissão. Ele ressaltou que o documento divulgado está incompleto, pois não traz os anexos com as transcrições de conversas telefônicas gravadas e cruzamentos de dados obtidos com quebras de sigilo.- Foi vazado só o que era de interesse? - questionou.Para o deputado, a demora em enviar o relatório à CPI colabora para atrasar ainda mais as investigações sobre a tentativa de compra do dossiê.- É do interesse de todos nós a elucidação dos fatos antes do segundo turno. Esse atraso só ajuda os criminosos. Só interessa a quem comete o crime ou a que se predispõe a ocultá-lo - opinou Jungmann.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado