Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

CPI cria sub-relatoria para investigar Poder Executivo


Agência O GloboBRASÍLIA - O relator da CPI das Sanguessugas, senador Amir Lando (PMDB-RO), informou nesta segunda-feira que será criada uma sub-relatoria para investigar a participação do Poder Executivo em fraudes envolvendo a compra de ambulâncias. O relator informou que os trabalhos da sub-relatoria terão início imediato e prosseguirão até depois das eleições.- Temos que investigar o Executivo. Por isso, estou propondo essa nova sub-relatoria para investigar os ministérios da Saúde, da Ciência e Tecnologia e da Educação - afirmou Amir Lando, confirmando que o nome do novo sub-relator será anunciado ainda nesta segunda.O relator também confirmou para esta terça-feira o depoimento do empresário Luiz Antônio Trevisan Vedoin, sócio-proprietário da Planam, empresa apontada como organizadora da máfia das ambulâncias. O depoimento, que acontecerá na sede da Polícia Federal, em Brasília, será em caráter sigiloso e ajudará os membros da CPI a esclarecer algumas dúvidas em relação a um outro depoimento prestado pelo empresário durante nove dias à Polícia Federal de Cuiabá, onde esteve preso.Lando defendeu que os trabalhos da CPI não se encerrem com a apresentação do relatório, que será feita entre os dias 9 e 16 de agosto. Na opinião do senador, os trabalhos têm que continuar para que seja avaliada a responsabilidade do Poder Executivo no esquema de fraudes. Questionado sobre se essa segunda fase se iniciaria logo após a divulgação do relatório da primeira fase, que investiga os parlamentares envolvidos, ou se aguardaria o fim das eleições, em outubro, o senador declarou que as investigações não devem parar.- No meu entender, os trabalhos continuam permanentemente. Nós temos que analisar é a assiduidade das reuniões - afirmou o relator.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul