Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Controladores dizem que há zona cega na região do acidente com o Boeing


Evandro Eboli - Agência O Globo BRASÍLIA - O advogado Normando Augusto, que representa os 13 controladores de vôo que estavam de plantão no dia do acidente com o Boeing 737-800 da Gol e o Legacy da empresa americana ExcelAire, disse nesta quarta-feira que é uma unanimidade entre os 13 controladores que estão sendo ouvidos pela Polícia Federal de que existe uma zona cega, uma área de difícil comunicação, na região do acidente, ao contrário do que diz a Aeronáutica desde o desastre. Normando disse que os controladores não erraram e apontou duas hipóteses para o acidente: indução ao erro por problema do sistema de comunicação e falha dos pilotos do Legacy. Segundo ele, os controladores fizeram o que era para ser feito. Ainda de acordo com ele, os controladores ficaram magoados com as declarações do comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luiz Carlos da Silva Bueno, em audiência no Senado na terça-feira, de que poderia ter havido falha dos controladores. - Foram declarações sem pontos específicos. Foi uma falta de bom senso dizer que os controladores têm culpa - disse Normando Augusto. O advogado disse que todos os 13 controladores estavam com carga de trabalho normal no dia do acidente, não estavam cansados e todos têm idades que variam de 27 a mais de 50 anos, todos com bastante experiência. Ele negou que o controlador que monitorava o Legacy no momento do acidente tenha 20 anos, como foi publicado na imprensa. Segundo o advogado, o controlador tem 27 anos e cinco anos de experiência. - Ele tem cara de novinho, mas tem 27 anos. Ninguém foi homologado precocemente. Não assumem nenhuma culpa ou falha. Os controladores não têm culpa de absolutamente nada - disse. Normando considera crucial o depoimento dos últimos três controladores pela Polícia Federal nesta quinta-feira. Serão ouvidos o supervisor, o controlador e o assistente do controlador que monitoravam o Legacy no momento do acidente. Eles já tinham rendido os colegas da equipe anterior. Nesta quarta-feira a PF ouviu três controladores. Segundo o advogado, eles estão sendo ouvidos como informantes, e não como indiciados. Segundo ao advogado, todos estão bem psicologicamente e com disposição para voltar ao trabalho. Ainda de acordo com ele, entre os 13 controladores há uma mulher, a única funcionária civil do grupo, que trabalhava em São José dos Campos no dia do acidente.

Gente de OpiniãoSábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)