Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Congresso só retoma agenda normal de trabalhos semana que vem


Evandro Éboli, Agência O GloboBRASÍLIA - Apesar de o carnaval terminar na quarta-feira e de o Congresso abrir as portas nesta quinta-feira, trabalho mesmo de deputados e senadores somente na semana que vem. Apesar de a agenda da Câmara prever realização de sessão ordinária no plenário na quinta-feira, o número de parlamentares que irão retornar ao trabalho após o feriado de Carnaval será bastante reduzido.Para se ter uma idéia, apenas dois deputados - Wolney Queiroz (PDT-PE) e Márcio França (PSB-SP) - estão inscritos para discursar no grande expediente, a sessão no plenário, à partir das 15h. Cada um terá 25 minutos de tempo para seu discurso.A Ordem do Dia, início das discussões, está prevista para começar às 16h, mas precisa de um quórum mínimo de 10% dos 513 deputados presentes, ou seja, 51 parlamentares, para que a sessão possa ser aberta.Mesmo que não se vote qualquer projeto, a Ordem do Dia é importante para contagem de prazos, como, por exemplo, tramitação de medida provisória. A agenda da Câmara prevê ainda reunião de trabalho das comissões, o que dificilmene irá acontecer. No Senado, o resto da semana de carnaval também será de pouco movimento e nenhuma votação.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que