Porto Velho (RO) quarta-feira, 28 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Comandante diz que acidente da Gol 'era impossível' de acontecer


Henrique Gomes Batista - Agência O Globo BRASÍLIA - O chefe do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DCEA), major-brigadeiro Paulo Roberto Vilarinho, que participa nesta terça-feira de audiência pública no Senado, revelou que o Comando da Aeronáutica foi pego de surpresa pelo choque entre o Boeing 737-800 da Gol e o Legacy da ExcelAire, que deixou 154 mortos, em 29 de setembro. Segundo ele, acidente desse tipo no Brasil "era impossível" de acontecer. Ao ser questionado pelo senador Heráclito Fortes (PFL-PI) se houve falha no controle, já que o país tem um sistema moderno que deveria ter evitado a tragédia, o brigadeiro Vilarinho respondeu: - Fiquei tão estupefato quanto o senhor. Era impossível acontecer uma coisa dessas - disse. Segundo o comandante, o controlador de vôo de Brasília que monitorava o Legacy foi induzido a pensar que a aeronave voava a 36 mil pés a partir de Brasília, como previsto no plano de vôo original. Na opinião dele, como o transponder, instrumento que permite identificar a altitude exata da aeronave, não estava funcionando, o controlador não teve dúvida de que o avião seguia o plano de vôo, já que, sem o equipamento, o radar não mostra uma posição precisa da aeronave. - Houve uma indução de que o avião estava no nível 360 (36 mil pés), tanto é, que ele passou para o substituto dele e passou para Manaus que o avião estava a 360. Ele (controlador) não tinha sombra de dúvida de que o avião estava a 360. Agora, eu não posso afirmar por que o avião não falava e o transponder não emitia, se dois minutos depois do acidente o transponder passou a passar todas as identificações, e passou a falar também - disse Vilarinho, acrescentando que chegou a essa conclusão como piloto, alegando que não teve acesso ao inquérito que investiga o assunto. Vilarinho passou por um constrangimento provocado pelo senador Heráclito Fortes durante a audiência. Vilarinho havia dito que o acidente com o Boeing da Gol era o primeiro choque entre duas aeronaves no país. Heráclito reagiu citando dois casos de colisões entre aeronaves militares, em 1930 e 1950. O comandante apenas sorriu diante do comentário do senador. Provavelmente, ele se referia apenas à aviação civil.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu