Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

CNBB diz que reajuste aumenta fosso entre o Parlamento e o povo


Agência O Globo BRASÍLIA - Em nota divulgada no início da noite desta sexta-feira, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Geraldo Majella Agnelo, diz que o reajuste de 92,6% concedido aos parlamentares aumenta a distância entre os legisladores e o povo. Segundo a nota, um aumento dessa magnitude, que eleva o salário para R$ 24.500, mostra que os parlamentares cuidam mais de seus interesses particulares do que da população."Esta decisão dos membros do Parlamento leva a crescer o fosso entre os legisladores e o povo. Acontece que eles foram eleitos pelo povo para o poder-serviço. Um salário de R$ 24.500, diante do salário mínimo de apenas R$ 350, sinaliza mais interesses particulares do que a defesa da justiça ou gesto de partilha em solidariedade à população empobrecida. O que devemos fazer hoje?", indaga a CNBB.Na nota, a CNBB diz ainda que o aumento do salário dos parlamentares obriga todos a se empenharem ainda para realizar uma urgente reforma política."Precisamos de instrumentos legais para inibir decisões como esta que obscurecem a dignidade da política. Pedimos neste Natal a luz de Cristo para o nosso país, para a nossa democracia", diz a nota.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di