Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cidadão não deve descuidar do arquivamento de contas


Agência O Globo SALVADOR - Muita gente aproveita o começo do ano para esvaziar gavetas e arquivos. Mas é bom ter cuidado. Recibos e outros comprovantes não devem ser jogados fora, para evitar problemas no futuro. Alguns documentos, como a declaração do Imposto de Renda, devem ser guardados por até dez anos. Todo início de ano, o aposentado Geraldo Ornelas guarda as contas do que pagou no ano anterior. -Comigo aconteceu um caso de, um ano e meio depois, me cobrarem uma conta de energia que eu já tinha pago. Ainda bem que eu tinha guardado o documento. Fui até a agência e consegui comprovar o pagamento, lembra. O aposentado garante que vai manter os documentos de 2006 nas pastas e envelopes até 2011. Durante cinco anos, documentos de luz, água, telefone, mensalidade escolar, condomínio, planos de saúde, faturas de cartões de crédito, IPTU e IPVA, não devem ser jogados fora. Já a declaração do Imposto de Renda deve ser arquivada por dez anos, prazo que o fisco tem para acertar as contas com o contribuinte. Recibos de aluguel devem ficar no armário durante três anos. Também é importante ter todos os boletos da casa própria até a quitação do imóvel. As notas fiscais de produtos precisam ser guardadas enquanto o equipamento existir. No caso dos documentos trabalhistas, como aviso prévio e termo de rescisão, o prazo é de dois anos, tempo que o trabalhador tem para recorrer à Justiça. Os carnês do INSS e do empregado doméstico têm que ficar na gaveta por vinte anos, prazo que a Previdência tem para cobrar um possível débito. Para o advogado Vitor Dunham, especialista em Direito Tributário, o ideal seria que o consumidor só precisasse guardar contas, como de água e luz, por apenas um ano, e não por cinco, como ocorre hoje. Isso é o que está previsto no projeto lei que foi aprovado no Senado e está em tramitação no Congresso.

Gente de OpiniãoDomingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)