Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

China consume 15% da energia do planeta em 2006


Agência O Globo PRQUIM - A China consumiu, em 2006, 15% da energia do planeta para produzir 5,5% do Produto Interno Bruto (PIB) global, uma "situação insustentável", segundo o vice-primeiro-ministro chinês reproduzidas na edição desta segunda-feira do jornal China Daily.-É imprescindível acelerar a mudança do modelo de crescimento para conseguir um desenvolvimento sustentável, recomendou o vice-primeiro-ministro, Zeng Peiyan, ao referir-se às graves restrições ambientais e de recursos, à irracional estrutura industrial e ao diferente desenvolvimento entre campo e cidade na China.O atual modelo de crescimento chinês se baseia em um alto consumo de energia e recursos e, caso isso não mude, a quarta economia do mundo pode começar a cambalear. Zeng prometeu mais reformas nos mecanismos de preço e nos incentivos fiscais, assim como um reforço das medidas de economia de energia e proteção ao meio ambiente.O vice-primeiro-ministro assistiu, nesse fim de semana, a um foro sobre o novo desenvolvimento chinês, do qual também participou o ministro Ma Kai, da Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento , principal órgão de planejamento econômico da China.-A média de crescimento da economia chinesa é inspiradora, mas uma das maiores preocupações é que temos pago um preço muito alto em ambiente e recursos para conseguí-lo, explicou Ma.A economia chinesa cresceu 10,7% no ano passado, enquanto que a receita também aumentou e a inflação se manteve baixa. No entanto, a ineficácia no uso de energia é um problema grave em um dos países mais poluidores do mundo.O PIB chinês atingiu US$ 2,16 bilhões em 2006, o que representa 5,5% do mundial, mas o consumo energético da China supõe 15% do total, com percentuais mais altos em aço (30%) e cimento (54%), dois dos setores industriais mais poluentes e de maior consumo energético.Os motivos desta baixa eficiência são a rapidez da urbanização e industrialização, uma produção de alto consumo energético, e o caráter extensivo do crescimento chinês.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di