Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cesar Maia diz estar fora da campanha de Alckmin


Bernardo Mello Franco - Agência O GloboRIO - O prefeito do Rio, Cesar Maia, anunciou nesta quarta-feira que está oficialmente fora da campanha do candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin. Irritado com a adesão do casal Garotinho ao tucano, disse que agora o PFL - do qual é vice-presidente nacional - só pedirá votos no estado para a candidata do PPS ao Palácio Guanabara, Denise Frossard.- Não podemos estar no miolo de uma campanha que começa completamente equivocada. Não dá para andar na rua com Rosinha e Garotinho. Se (Alckmin) andar na rua com os dois, vai receber vaias. Se houver tomates, é melhor que se use capacete - disse o prefeito, em entrevista coletiva no Palácio da Cidade.Cesar negou que Frossard tenha ficado isolada no estado, já que Cabral conseguiu apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, e do candidato derrotado do PRB ao Palácio Guanabara, Marcelo Crivella.- O movimento do Crivella nos ajuda. O que é o PRB? É a Igreja Universal. Antes eles distribuíam panfletos dizendo que o Cabral estava contra a Bíblia, contra Deus. O povo não é fantoche - afirmou.

Mais Sobre Política - Nacional

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

Previdência, nomeação de ministros e reajuste estão na agenda

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Futuro ministro afirma que haverá rigor contra crimes de ódio