Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cerca de 30 mil servidores receberão atrasados


Regina Alvarez - Agência O GloboBRASÍLIA - O Ministério do Planejamento autorizou o pagamento de atrasados para cerca de trinta mil servidores federais. Eles vão receber na folha de setembro, paga no início de outubro, uma parcela dos recursos referentes a ações vencidas na Justiça ou outras dívidas reconhecidas pelo governo e ainda não pagas até o limite de R$ 10 mil. Os pagamentos foram autorizados em portaria publicada no Diário Oficial do último dia 30. Quem tiver direito a atrasados acima desse valor receberá a parcela de R$ 10 mil, ficando o restante para pagamento porterior.Os beneficiários portadores de doença grave, contagiosa ou incurável, especificadas em lei, aposentados por invalidez, e beneficiários que possuem idade igual ou superior aos 60 anos terão prioridade na liberação dos atrasados, assim como os pagamentos autorizados há mais tempo e aqueles de pequeno valor

Mais Sobre Política - Nacional

Desproteção ao trabalhador faz ações trabalhistas despencarem

Desproteção ao trabalhador faz ações trabalhistas despencarem

O número de ações trabalhistas pendentes de julgamento despencou após seis meses de reforma trabalhista; até maio deste ano, as varas de todo o país t

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel