Porto Velho (RO) quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

'Carta de alforria' dos garimpeiros será votado na Câmara


Camila Vassalo
Da Agência Brasil

Brasília - Os garimpeiros estão mais próximos de ter acesso a direitos trabalhistas e previdenciários. Na última quarta-feira (17), a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que assegura benefícios para a categoria, como carteira assinada e aposentadoria, e dificulta a exploração de mão-de-obra escrava.

Resultado de mais de dois anos de discussões, o Estatuto do Garimpeiro agora segue para votação no plenário da Câmara e depois vai para o Senado. O texto foi elaborado em conjunto por cooperativas, sindicatos, associações e governo federal, com ajustes para evitar problemas de ordem constitucional.

O estatuto determina um conjunto de direitos e deveres para os garimpeiros. A principal mudança é a formalização da categoria. Atualmente, há cerca de 350 mil garimpeiros com carteira assinada em todo o país. No entanto, cerca de 1,5 milhão exerce a profissão na informalidade.

Segundo o presidente do Sindicato dos Garimpeiros de Serra Pelada (PA), Raimundo Benigno Moreira, ao estar dentro da lei, o garimpeiro formalizado não agride a natureza e conquista cidadania. “Com esse estatuto aprovado, ele realmente recebe a carta de alforria porque vai ser incluído na sociedade e passará a ter respeito”, avalia Moreira.

A proposta define ainda outros direitos para os garimpeiros. Em qualquer modalidade de trabalho, eles poderão comercializar diretamente com o consumidor final, desde que o minério seja extraído de um garimpo autorizado pelo Departamento Nacional de Produção Mineral do Ministério de Minas e Energia.

Em contrapartida, os garimpeiros terão uma série de deveres, como recuperar áreas degradadas pela mineração e cumprir a legislação vigente em relação à saúde e à segurança no trabalho. A proposta proíbe ainda o trabalho de menores de 18 anos, o que coíbe o uso de mão-de-obra infantil.

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p