Porto Velho (RO) domingo, 1 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Caos aéreo é resultado da falta de planejamento histórico, diz Lula


Agência O Globo BRASÍLIA -O presidente Lula atribuiu o caos nos aeroportos do país à falta de planejamento histórico do país que agora está sendo recuperada em seu governo. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, em Brasília, Lula disse que o governo já contratou várias obras em quase todos os aeroportos brasileiros. - Nós estamos sendo vítimas da falta de planejamento histórica nesse país e agora estamos tendo que recuperar. Nós vamos continuar trabalhando nos aeroportos brasileiros porque eles precisam - afirmou. Lula frisou que não se pode confundir a crise no controle de tráfego aéreo com o acidente com o Boeing 737 da Gol, que matou 154 pessoas em setembro. - Eu penso que, para a gente ser justo, precisamos separar essa pergunta. Não vamos confundir a questão do Boeing da Gol com aeroportos porque o choque aconteceu no ar. O que aconteceu é que houve acidente, acusações, insatisfação dos controladores e em seguida, problemas e atrasos nos aeroportos. Nós percebemos que existiam problemas de gestão. Depois vimos que havia um problema porque eles (controladores) eram sargentos e não poderíamos dar aumento para todos os sargentos, das três forças - afirmou. Juros no patamar dos sonhos Bem-humorado durante quase toda a entrevista coletiva, que durou quase duas horas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva só demonstrou certa irritação quando foi perguntado sobre os motivos de as taxas de juros brasileiras continuarem altas. Ao se ver contestado pelo jornalista, que disse ter "dificuldade de entender o status de confiabilidade que o senhor vende aqui", Lula soltou um riso irônico e citou o Fundo Monetário Mundial (FMI) e disse que não vai interfir nas decisões do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. - Fantástico! Coisa engraçada! Há quanto tempo vocês não vêem faixa 'Fora FMI'? Não quero interferir no Copom porque, quanto mais autonomia tiver o Banco Central, melhor para o país, e nem precisa lei para isso - afirmou. Lula admitiu que ouviu apelos para que houvesse uma redução mais forte dos juros, principalmente um mês antes da eleição em São Paulo, mas afirma que não cedeu. - Não pensem que não recebi muito telefonemas dizendo: 'presidente, faça alguma coisa. Não fiz. Não faço. Temos hoje a tava mais baixa da História, com viés de baixa, e vamos baixando sem que haja tensão pré-Copom. Vamos manter o BC funcionando do jeito que está funcionando e os juros vão cair e chegar num patamar que todo mundo sonha, que é compatível com os juros internacionais, de países com os quais somos competidores. Não vou fazer bravata. Durante 27 anos recebi salário e sei que quando a inflação sobe o prejudicado era eu. Biodiesel Lula voltou a reconhecer os direitos da Bolívia "em defender o que é seu", mas se disse preocupado com a quebra de contratos firmados entre governos da América do Sul. O presidente também lembrou que embarca para o G8 com um discurso de defesa do biodiesel como energia alternativa e como uma das propostas de combate ao aquecimento global. Apagão energético O presidente Lula também afirmou que não vai deixar um apagão aéreo para seu sucessor e disse que seu governo fará tudo que for possível para garantir abastecimento de energia, mas dentro da lei e sem depredar o meio ambiente.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu