Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Câmara rejeita medidas provisórias que fortalecem centrais sindicais


Maria Lima - Agência O GloboBRASÍLIA - Os deputados rejeitaram as Medidas Provisórias 293 e 294, que promovem mudanças no sindicalismo do país. Com quorum de 301 deputados, a votação foi simbólica e significa uma dupla derrota para as centrais sindicais. Confiante em um segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que as propostas não serão esquecidas pelo governo.- Levando em consideração que uma parte do movimento sindical é a favor dessas medidas provisórias, concordamos que nessa legislatura não será enviado nada para a Câmara nesse assunto. Mas o acordo com as centrais sindicais será mantido e o novo governo vai mandar voltar com as medidas provisórias - disse Chinaglia.A MP 293 definia requisitos para as centrais sindicais serem reconhecidas oficialmente como representantes dos trabalhadores em fóruns e colegiados de órgãos público e a de número 294 criava o Conselho Nacional de Relações de Trabalho (CNRT), órgão vinculado ao Ministério do Trabalho com representantes do governo federal, dos trabalhadores e dos empregadores.Após a votação, os sindicalistas, que protestaram durante todo o dia ontem no Congresso, cantaram o Hino Nacional. Eles alegavam que as medidas concentravam poder nas centrais sindicais, enquanto retiravam dos sindicatos o direito de fazer as negociações salariais e receber o percentual da contribuição sindical.Os próximos itens na pauta de votação são a lei geral das micro e pequenas empresas e a medida provisória da Timemania.

Mais Sobre Política - Nacional

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p