Porto Velho (RO) sexta-feira, 16 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Câmara espera economizar R$ 47 milhões por ano com demissões


Isabel Braga - AGência O GloboBRASÍLIA - Uma nova estimativa divulgada pela Câmara no fim da tarde conclui que o corte de mais de mil cargos de natureza especial (CNEs) deve gerar uma economia de cerca de R$ 47 milhões por ano aos cofres públicos, que corresponde a 40% dos R$ 117 milhões gastos por ano com esses cargos, já incluindo o 13º salário. Por mês, o gasto é de R$ 9 milhões.O ato da Mesa com os cortes será publicado nesta quarta-feira e prevê a assinatura de ponto, todos os dias, a partir de outubro. O chefe do funcionário poderá dispensar o ponto por até cinco dias por mês, mas ela dependerá de autorização do titular do órgão e terá que ser comunicada ao departamento de pessoal até o quinto dia útil do mês seguinte. A partir da publicação, os titulares dos órgãos terão 20 dias para indicar os funcionários que devem ser mantidos.O texto da Mesa diz que as exonerações começarão a ser feitas "a partir de 3 de outubro". Mais cedo, no entanto, o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, disse que os cortes seriam feitos "até" o dia 3 de outubro.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele