Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Câmara e Senado anunciam corte de despesas correntes para compensar aumento


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboBRASÍLIA - Depois do anúncio do aumento salarial dos deputados e senadores feito no início da tarde desta quinta-feira, que passarão a ganhar os mesmos R$ 24.600 que recebem os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), os presidentes da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disseram que vão cortar gastos com despesas correntes para compensar o reajuste. Estão incluídas nessas despesas obras em apartamentos funcionais, construção de prédios e novas instalações. Na Câmara, a previsão, segundo Aldo Rebelo, é que cortem R$ 150 milhões desse nicho.Só na Câmara, cujo orçamento para 2007 é de R$ 3,1 bilhões, o reajuste custará R$ 93 milhões a mais por ano. Isso só com os novos salários dos 513 deputados. Somadas as despesas com aposentadorias, pensões e contribuições previdenciárias patronais, o custo pula para R$ 157 milhões anuais. No Senado, que ainda não anunciou com quanto poderá contar com o corte de despesas correntes, o aumento salarial dos 81 senadores significará R$ 16 milhões extra por ano.Na reunião de líderes e integrantes das Mesas da Câmara e do Senado com Aldo e Renan, apenas o PSOL e o líder do PT na Câmara, Henrique Fontana (RS), se opuseram ao reajuste. O PSOL defendia um aumento definido pela média dos aumentos concedidos aos funcionários das duas Casas. Já Fontana, propôs um reajuste calculado pela inflação.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que