Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Câmara adia para 2007 definição sobre subsídios e verbas paga aos deputados


Agência O Globo BRASÍLIA - A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira requerimentos de retirada de pauta dos dois projetos que acabam com verbas extraordinárias dos deputados: a verba indenizatória, de R$ 15 mil, usada para gastos nos estados; e o fim do pagamento de dois subsídios extras por ano (chamados de 14º re 15º salários dos deputados). Com o voto contrário apenas do PDT, os projetos foram retirados de pauta e só serão novamente incluídos em fevereiro do próximo ano. Embora tenha havido várias tentativas de votar ainda nesta quarta o aumento dos subsídios parlamentares de R$ 12,8 mil para R$ 16,5 mil (que garantiria uma correção das perdas inflacionárias dos últimos quatro anos), a maioria dos partidos não concordou e a votação do aumento também foi adiada para 2007. Caberá aos deputados eleitos para os próximos quatro anos, decidir o percentual do aumento.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu