Porto Velho (RO) terça-feira, 3 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cacique denuncia ameaça a índios da etnia Bororo


Tatiane Saraiva
Da Agência Brasil


Brasília - Cerca de 30 famílias da etnia Bororo, que habitam a aldeia Jarudore em Poxoréu (MT), a 250 quilômetros de Cuiabá, temem por um massacre. Segundo a cacique Maria Aparecida Toro Ekureudo, as ameaças partem de fazendeiros e posseiros da região, que querem as terras ocupadas pelos indígenas, cuja posse está sendo contestada na Justiça desde 2003.

Em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia, a cacique Maria Aparecida Toro Ekureudo afirmou que vem procurando a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Polícia Federal para pedir proteção para os habitantes da aldeia. Segundo ela, as ameaças ocorrem desde 2005.

De acordo com a indígena, os fazendeiros tinham programado uma invasão na última semana, mas a ocupação da aldeia não ocorreu. “Estava programada uma invasão para eles [fazendeiros] acabarem com a gente, com as crianças, adultos, tudo o que estivesse pela frente”, diz Maria Aparecida.

A cacique afirmou ainda que não tem conseguido resposta das autoridades. “Primeiro, a Polícia Federal disse que já estava a caminho para resolver, mas depois informou que não poderia vir. Outras vezes, eles falam que estão acompanhando o julgamento, a cada dia ficamos sabendo de uma resposta diferente”, reclama.

Maria Aparecida diz ter recebido uma ligação da Funai, mas segundo ela, quem pode resolver o caso é o administrador da Funai, que até o momento não se manifestou sobre o assunto. “O chefe de Núcleo da Funai de Rondonópolis, Antônio Dourado, é quem cuida dessa região, só que ele não tem autoridade para resolver. Sem o apoio do administrador, ele não consegue fazer nada”, afirma.

Segundo o delegado-chefe da Polícia Federal de Rondonópolis, Cristian Lajes, a Polícia Federal esteve na aldeia com a Funai na última sexta-feira (8), para verificar se havia conflitos na região. “Já mandei policiais em quatro ocasiões diferentes para verificar se tinha um conflito eminente entre brancos e índios e, todas as vezes que os policiais estiveram lá, me passaram informações de que a situação estava tranqüila”, alega o delegado.

O delegado Cristian Lajes disse que os índios insistem que são ameaçados pelos fazendeiros, mas que a cacique não indica quem está ameaçando e sem essas informações a PF não tem como agir.

O administrador substituto da Funai de Cuiabá, Benedito Cézar Garcia Araújo, disse que a Funai, em conjunto com o Ministério Publico Federal, entrou com ação civil pública na 3ª Vara Federal de Cuiabá para que os índios conquistem a posse da terra. “O território já é deles por direito”, diz.

Segundo Benedito Cézar, os índios começaram a receber ameaças depois de terem denunciado os fazendeiros para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por desmatamento na região. De acordo com ele, as ameaças começaram após o órgão multar os fazendeiros em R$ 300 mil. “A Funai está dando toda assistência para eles, acompanhando o caso e dando cestas básicas, mas dependemos do julgamento do caso para resolver o problema”, afirma.

 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu