Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Busato chama decisão do conselho de 'fora da realidade'


Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Roberto Busato, criticou a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que autorizou nesta segunda-feira o recebimento de gratificações por procuradores e promotores públicos, o que resultaria em recebimentos acima do teto do funcionalismo público estadual, de R$ 22 mil. Para Busato, a decisão do conselho foi "escancarada e fora da realidade"."É lamentável a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público, tão lamentável que obrigou o procurador-geral da República, homem notoriamente experimentado e de bom-senso, a decidir levar a decisão ao Supremo Tribunal Federal, na forma de ajuizamento de uma ação direta de inconstiucionalidade", disse Busato em nota.Depois da sessão de hoje do CNMP, o procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, anunciou que entrará com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para anulá-la. Antonio Fernando, que também é presidente do conselho, votou contra a decisão, mas foi vencido por sete votos a cinco.

Mais Sobre Política - Nacional

GENTE QUE MUITO PULA

GENTE QUE MUITO PULA

É melhor ficar quieto e deixar que pensem que você talvez tenha errado do que mexer-se e tirar a dúvida

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos