Porto Velho (RO) sábado, 11 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Brasil

Risco de novo rompimento: Cerca de 24 mil pessoas estão sendo deslocadas em Brumadinho


Risco de novo rompimento: Cerca de 24 mil pessoas estão sendo deslocadas em Brumadinho - Gente de Opinião

Cerca de 24 mil pessoas estão sendo retiradas pelos bombeiros das áreas sob risco em Brumadinho (MG). A informação foi divulgada pelo porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara. Às 5h30, uma sirene alertou para o risco de rompimento de uma nova barragem da Mina Córrego do Feijão, a Barragem VI.

Entre as áreas sob risco estão Parque da Cachoeira, Pires e Bairro Novo Progresso. "As áreas para onde as comunidades estão sendo levadas são as áreas previstas no plano de ação de emergência da barragem. O Corpo de Bombeiros permanece com todas as aeronaves de prontidão, para se for necessário deslocar equipes ou mesmo realizar ações de resgate e salvamento", disse o tenente.

Segundo o porta-voz, por enquanto, os bombeiros estão focando seus esforços na evacuação e, por isso, estão suspensos os trabalhos de busca e salvamento de vítimas da Barragem 1, que rompeu na última sexta-feira (25).

Mais Sobre Brasil

Fortaleza tem visual novo nas suas ruas

Fortaleza tem visual novo nas suas ruas

Enquanto os contrários a Bolsonaro tentam desdizer o que disseram antes, pois, o acusavam de estar com covid-19 e mostrar exames falsos, agora, quan

Governo Federal publica edital para pavimentação da BR-319/AM

Governo Federal publica edital para pavimentação da BR-319/AM

O Ministério da Infraestrutura, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), publicou, nesta quarta-feira (24), no Diári

Ministério do Desenvolvimento Regional abre vagas para 249 profissionais temporários

Ministério do Desenvolvimento Regional abre vagas para 249 profissionais temporários

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) abriu edital para a contratação de 249 profissionais que irão integrar quadros técnicos da Pasta por at

Homens aumentam participação nos afazeres domésticos, mas mulheres fazem a maioria dos trabalhos em casa

Homens aumentam participação nos afazeres domésticos, mas mulheres fazem a maioria dos trabalhos em casa

O suplemento Outras Formas de Trabalho, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), identifica que, em Rondônia, 92,1% da