Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Brasil

Brumadinho: Sobe para 110 mortos, dos quais 71 foram identificados


Brumadinho: Sobe para 110 mortos, dos quais 71 foram identificados - Gente de Opinião

A Defesa Civil de Minas Gerais informou hoje (31) que aumentou o número de mortos no desastre da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. Pelo último balanço, são 110 mortos, 238 desaparecidos e 394 identificados. Dos mortos, 71 foram identificados por exames realizados pela Polícia Civil. Também há 108 desabrigados e seis pessoas hospitalizadas. 

A Polícia Civil toma depoimentos de sobreviventes e coleta amostras de DNA. Segundo a Polícia Civil, foi coletado material de 210 pessoas que representam 108 famílias. Os trabalhos vão prosseguir.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, mais de 360 militares atuam na párea com apoio de 15 aeronaves e 21 cães farejadores. Ontem (30), chegou uma equipe de Santa Catarina e uma aeronave do Espírito Santo. Há, ainda, 66 voluntários, que atuam entre área seca e a inundada. Estes voluntários são pessoas com qualificação técnica.

Mais Sobre Brasil

Conheça 3 ferramentas que podem acelerar pequenas e grandes obras

Conheça 3 ferramentas que podem acelerar pequenas e grandes obras

Depois de um tempo em baixa, o setor da construção civil está reagindo em nossa região. Além do momento propício, outro motivo que faz essa reação é

Fórum realiza campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra à Mulher”

Fórum realiza campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra à Mulher”

Durante a campanha dos 16 Dias de Ativismo, o Fórum Popular de Mulheres (FPM), realiza a Agenda de 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência contra

Cinemas acessíveis para pessoas cegas, surdas e autistas em todas as regiões do país.

Cinemas acessíveis para pessoas cegas, surdas e autistas em todas as regiões do país.

Protocolo de intenções assinado nesta terça-feira, 29, contou com a presença da primeira-dama da República, Michelle BolsonaroÉ isso que o Ministério