Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Bombeiros retiram mais um corpo da cratera do metrô


Agência O GloboSÃO PAULO - Mais um corpo foi retirado, por volta das 5h40 desta quarta-feira, da cratera aberta durante o desabamento de parte do canteiro de obras da Linha 4 do Metrô, em Pinheiros, zona oeste da cidade. Segundo os bombeiros, o corpo foi retirado do interior do microônibus que foi sugado no momento do desabamento. O trabalho de busca e resgate de corpos se prolongou por toda a madrugada.Agora, o corpo será levado para o Instituto Médico Legal para seu reconhecimento. Um caminhão do IML chegou por volta das 5h55 ao local, onde há uma grande movimentação das equipes de resgate.Na noite de terça-feira, os bombeiros já haviam localizado um terceiro corpo dentro da cratera, mas não conseguiam realizar o resgate devido ao risco de deslizamento.Durante a madrugada desta quarta, cães farejadores voltaram a apontar o local onde estava localizado mais um corpo, que poderia ser de Francisco Sabino Torres, de 47 anos, o motorista de um caminhão que caiu dentro do buraco no dia do desabamento.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul