Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Bolsonaro quer criar campo de refugiados para venezuelanos


 Gente de Opinião

247 -  Depois de adotar um discurso mais atraente ao mercado, com propostas de cunho liberal, o pré-candidato do PSL à Presidência, deputado federal Jair Bolsonaro, retomou temas polêmicos.

Em entrevista ao Estado, ele defendeu a construção de campos de refugiados para venezuelanos que chegam ao Brasil.

Bolsonaro defendeu a revogação da Lei de Imigração, considerada por especialistas uma das mais avançadas no mundo.

"Primeiro, via Parlamento, revogar essa lei de imigração aí. Outra, fazer campo de refugiados. Outra: em vez de esperar passar o vexame do (Nicolás) Maduro expulsar os nossos embaixadores, já era para ter chamado há muito tempo e tomado outras decisões econômicas contra a Venezuela", afirmou.

“Já temos problemas demais aqui”, disse ele, que falou em um quiosque no Posto 4 da Barra da Tijuca, próximo a sua casa, no Rio. Mesmo filiado a um partido com poucos recursos, Bolsonaro disse que está “muito satisfeito” com a estimativa de que poderá gastar até R$ 3 milhões na campanha ao Planalto.

As informações são de reportagem de Constança Rezende no Estado de S.Paulo.

Mais Sobre Política - Nacional

STF julga hoje ação penal contra Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo

No processo, os cinco ministros do colegiado vão decidir se condenam ou absolvem os acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, na Operaçã

Ação pode custar mais R$ 17 bilhões à Petrobras

Ação pode custar mais R$ 17 bilhões à Petrobras

Petrobras pode ter que pagar mais R$ 17 bilhões por conta de uma ação no Tribunal Superior do Trabalho...

Taxa de ocupação dos presídios brasileiros é de 175%, mostra CNMP

Taxa de ocupação dos presídios brasileiros é de 175%, mostra CNMP

A lotação é mais acentuada na região Norte do país, onde algumas unidades acomodam cerca de três vezes mais detentos do que sua estrutura permite.

Sem pressa contra Aécio, PGR pede mais 60 dias

Sem pressa contra Aécio, PGR pede mais 60 dias

Em dos inquéritos tem como relator o ministro Gilmar Mendes e apura o suposto pagamento de vantagens indevidas "prometidas e/ou efetuadas" pela Odebre