Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Banco Mundial exigirá combate à corrupção para emprestar aos países


Agência O Globo WASHINGTON - O Banco Mundial (Bird) passará a exigir dos países para os quais empresta dinheiro que mantenham programas de combate à corrupção. O objetivo - segundo mostra reportagem de "O Globo" assinada pelo correspondente José Meirelles Passos - é evitar que os recursos sejam desviados para o bolso de governantes ou empreiteiros corruptos. A nova política, que deverá entrar em vigor já em setembro, foi divulgada um dia depois de o presidente americano George W. Bush anunciar sua cruzada contra a corrupção. Os empréstimos do Bird serão condicionados ao grau de risco apresentado por cada país e, em alguns casos, o banco poderá até cortar o apoio financeiro. Em outubro do ano passado, a ONG Transparência Internacional divulgou um ranking de percepção de corrupção em que o Brasil agravou sua situação, caindo da 59ª para a 62ª posição, entre 159 países.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu