Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aviões da TAM atingem pássaros e fazem pousos de emergência


Agência O GloboRIO - Dois aviões da TAM fizeram pousos forçados neste domingo depois de baterem em aves. O primeiro pouso de emergência ocorreu em Londrina, no Paraná, pela manhã. Um Airbus A320 da empresa decolava rumo a Campo Grande, Mato Grosso do Sul, quando colidiu com pássaros e, minutos depois, retornou ao aeroporto de Londrina. Ninguém ficou ferido e os 56 passageiros seguiram viagem em outro vôo - o 3762, das 14h20m.A segunda colisão aconteceu no início da tarde em Porto Alegre. Outro Airbus A320, que fazia o percurso Brasília-Porto Alegre-Argentina, bateu num pássaro sobre a capital gaúcha, mas conseguiu pousar com segurança no Aeroporto Internacional Salgado Filho e foi trocada por outro Airbus A320. O vôo - de número 8020 - que se ia para a Argentina acabou decolando à 15h25 de Porto Alegre, com um atraso de quase uma hora. Segundo a TAM, prosseguiram viagem 141 passageiros (90 deles, no entanto, embarcaram na capital gaúcha). O Centro de Investigação e Prevenção da Aeronáutica avisou que vai examinar as duas colisões.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul