Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aumenta o tráfico internacional de brasileiras


Jailton de Carvalho, Priscila Guilayn e Isabela Ma - Agência O GloboBRASÍLIA, MADRI e FORTALEZA - O tráfico internacional de mulheres se tornou um crime cada vez mais comum nas apurações da polícia brasileira. Só em 2005, a Polícia Federal abriu 119 inquéritos para investigar o tráfico de brasileiras para Portugal e Espanha, entre outros países. O número é três vezes maior do que as 42 investigações sobre o assunto iniciadas em 2002, informa a edição deste domingo de O GLOBO.Não existem informações seguras sobre os valores envolvidos nas transações com brasileiras. Mas pesquisadores da Organização das Nações Unidas (ONU) acreditam que as redes de prostituição podem faturar até US$ 30 mil com cada mulher traficada.- Depois do narcotráfico e do contrabando de armas, o tráfico de mulheres é o negócio ilegal de maior lucratividade no mundo - afirma Marina Oliveria, gerante de Projetos da Secretaria Nacional de Justiça.- No contexto do tráfico internacional, o Brasil é um dos grandes exportadores de mulheres para os mercados da prostituição na Europa. As apurações sobre esse comércio estão aumentando significativamente nos últimos anos - afirmou o delegado Felipe Tavares, chefe da Divisão de Direitos Humanos da PF.De 2000 a 2005, a PF abriu 372 inquéritos sobre vende de brasileiras para Portugal, Espanha, Suíça e até para países com renda per capita mais baixa que o Brasil, como o Suriname. A partir de alguns desses inquéritos, a PF, em parceria com o Ministério Público, promoveu 16 grandes operações e prendeu 125 aliciadores de mulheres, entre eles estrangeiros donos de boates, proprietários de hotéis, agentes de viagens e taxistas, acusados de integrar quadrilhas de tráfico internacional de mulheres.Espanha é a principal rota do crimeAs brasileiras dominam o mercado do sexo na Espanha, e a imensa maiorida delas é vítima de máfias organizadas que traficam mulheres para a exploração sexual. As espanholas perderam espaço: 90% das prostitutas são estrangeiras, segundo a polícia, das quais 60% são latino-americanas, destacando-se, com 40%, as brasileiras.E há demanda no exterior. E para atendê-la, a máfia começa a tuar na cidade de origem da mulher, na pele de uma amiga, prima ou vizinha que a anima a cruzar o Atlântico "para ganhar muito dinheiro". Essas mulheres têm entre 20 e 30 anos, pouca escolaridade e não vêem perspectivas de melhorar de vida com o salário que ganham (muitas não exerciam a prostituição antes e trabalhavam como cabeleireira ou vendedora). Embora muitas tenham ciência de que serão prostitutas, nenhuma delas sabe as condições que as esperam.- As brasileiras são vendidas de cafetão em cafetão, rodam de bordel em bordel por toda a Espanha, perdendo noção geográfica e de tempo. Clientes e donos dos clubes incitam o uso de drogas. Quando elas decidem denunciar, exigimos que, para morar em nossas casas de acolhida, passem por um processo de desintoxicação. Muitas delas nem sabiam que estavam viciadas - diz Rocío Mora, coordenadora da Associação para a Prevenção, Reinserção e Atenção da Mulher Prostituída (Apramp).Só este ano, 16 mulheres cearenses enviadas para o exteriorO escritório de Tráfico de Seres Humanos (TSH) do Ceará, vinculado ao Ministério da Justiça e único no Brasil, calcula que só nos dois primeiros meses desde ano 16 mulheres cearenses tenham sido levadas ao exterior para exploração sexual comercial. Depois de São Paulo e Rio, Fortaleza é uma das principais portas de saída de garotas agenciadas por quadrilhas internacionais para se prostituírem em países europeus.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul