Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Assembléia suspeita de gastos com combustíveis


Agência O GloboVITÓRIA - O diretor-geral da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, Jarbas Ribeiro de Assis, informou, em entrevista à rádio CBN Vitória, na manhã deste sábado, que dos R$ 71 mil gastos com combustíveis pelos deputados no mês de julho, cerca de R$ 10 mil não serão pagos à empresa que coordena o abastecimento dos veículos por suspeita de irregularidades na prestação de contas. Ao todo, os parlamentares abasteceram no último mês 26,8 mil litros de álcool e gasolina.- A empresa está cobrando da Assembléia cerca de R$ 71 mil, mas estamos identificando cerca de R$ 10 mil que não estão adequados. Se não houver uma boa justificativa, até quinta-feira, esse valor não será pago. Vamos pagar apenas o que considerarmos justo. E encaminharemos ao Ministério Público para apurar quem usou indevidamente o combústivel.Ribeiro confirma a existência de indícios de irregularidades em extratos de contas de 10 parlamentares. Segundo ele, no período que correspondeu ao mês de novembro até junho deste ano, a Assembléia Legislativa deixou de pagar R$ 25 mil a postos onde foram constatadas irregularidades como abastecimento de veículos a diesel sendo que os carros dos parlamentares são a gasolina.Em todo o estado existem atualmente 175 postos credenciados pela Assembléia para fornecer combustíveis para o Poder Legislativo. Só na Grande Vitória são 50. Jarbas Ribeiro informou que dois postos de combustíveis situados na capital capixaba já foram descredenciados. Um terceiro em Vila Velha está sendo objeto de investigação.Na próxima quinta-feira, a Assembléia Legislativa que vai encaminhar ao Ministério Público Estadual um documento relatando supostas irregularidades relacionadas ao consumo de combustíveis descobertas durante investigações internas.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di