Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aposentado finalmente recebe transplante de córnea


Agência O Globo RIO - Um doador pôs fim à espera do aposentado paraense Antônio Lopes, que apareceu, na semana passada, no "Jornal Nacional". Um médico tinha se recusado a realizar um transplante de córnea porque Antônio não tinha como pagar. Só que a cirurgia era oferecida gratuitamente pelo SUS. Depois de dois anos de espera, enfim o transplante. A cirurgia foi feita ontem numa clínica em Belém. - Estou muito contente, contente mesmo - disse Antonio Sotero Lopes. No mês passado Antonio Sotero Lopes, que é paciente do SUS, denunciou o médico Hugo Azevedo da Silva que pediu R$ 2,6 mil para fazer o transplante. Antonio insistiu para que a cirurgia fosse feita pelo SUS numa outra clínica, mas o médico alegou que isso não era possível: - O problema é a córnea que está endereçada a mim - justificou o médico. Mas segundo o Ministério da Saúde e a Central de Transplantes do Pará, a córnea era do paciente e não do médico. O procedimento certo, correto, seria encaminhar para um outro médico que faz, está credenciado para atender o SUS. O caso foi parar no Ministério Público que nesta terça apresentou um relatório sobre a investigação. O promotor diz que o médico não cometeu crime, mas uma série de irregularidades. O Ministério Público acusa o médico de ter desviado o paciente do SUS para um atendimento particular. O promotor ainda afirma que o oftalmologista não deixou claro ao paciente que pretendia cobrar pelo transplante e revela que, durante um ano, o médico engavetou no consultório a ficha de inscrição do paciente para a fila do transplante, o que aumentou o tempo de espera pela córnea. - Se ele se sentiu prejudicado por essa conduta do médico, sem dúvida alguma, é possível ele acionar judicialmente para buscar eventual indenização por dano material ou até moral - afirma o promotor Ivanílson Raiol . O Ministério Público do Pará vai encaminhar uma cópia do relatório para o Conselho Regional de Medicina. Se as irregularidades forem comprovadas, o médico deverá ser punido.

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)