Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Após acordo, índios desocupam Funasa


Ismael Machado - Agência O GloboBELÉM - Depois de quatro dias de negociações, os 50 índios tembé que ocupavam a sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Belém concordaram em sair do prédio após reunião realizada, na manhã desta quinta-feira, na Procuradoria da República no Pará.Em contrapartida, a Funasa informou que voltará a repassar verbas para o atendimento à saúde das aldeias localizadas na região do Alto Rio Guamá, no nordeste paraense. A suspensão do repasse foi o que motivou a ocupação da Funasa. Havia sete meses que os índios não recebiam a verba, num atraso acumulado de cerca de R$ 400 mil.A garantia foi dada pelo gerente técnico da Funasa em Brasília, Francisco Nascimento. Ele disse que uma portaria do Ministério da Saúde autorizou o repasse imediato de recursos para a prefeitura de Capitão Poço, que deve reencaminhar o recurso do convênio para os índios.Para que seja feito o pagamento dos salários atrasados à equipe de saúde que atende os índios, foi assinado um termo aditivo do convênio entre a Funasa e a associação dos tembé. O valor do novo contrato é de R$ 134 mil. O dinheiro, segundo a Funasa, deve ser depositado na conta da associação até a próxima segunda-feira.O valor do repasse mensal atual é de R$ 33 mil, mas o Ministério da Saúde planeja um reajuste que elevaria o repasse para 73 mil reais, o que daria para contratar mais profissionais de saúde para as aldeias.O Ministério Público Federal informou que irá monitorar o repasse dos recursos para a associação indígena para garantir que o Ministério da Saúde cumpra o acordo feito com os tembé.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç