Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Após acordo, índios desocupam Funasa


Ismael Machado - Agência O GloboBELÉM - Depois de quatro dias de negociações, os 50 índios tembé que ocupavam a sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Belém concordaram em sair do prédio após reunião realizada, na manhã desta quinta-feira, na Procuradoria da República no Pará.Em contrapartida, a Funasa informou que voltará a repassar verbas para o atendimento à saúde das aldeias localizadas na região do Alto Rio Guamá, no nordeste paraense. A suspensão do repasse foi o que motivou a ocupação da Funasa. Havia sete meses que os índios não recebiam a verba, num atraso acumulado de cerca de R$ 400 mil.A garantia foi dada pelo gerente técnico da Funasa em Brasília, Francisco Nascimento. Ele disse que uma portaria do Ministério da Saúde autorizou o repasse imediato de recursos para a prefeitura de Capitão Poço, que deve reencaminhar o recurso do convênio para os índios.Para que seja feito o pagamento dos salários atrasados à equipe de saúde que atende os índios, foi assinado um termo aditivo do convênio entre a Funasa e a associação dos tembé. O valor do novo contrato é de R$ 134 mil. O dinheiro, segundo a Funasa, deve ser depositado na conta da associação até a próxima segunda-feira.O valor do repasse mensal atual é de R$ 33 mil, mas o Ministério da Saúde planeja um reajuste que elevaria o repasse para 73 mil reais, o que daria para contratar mais profissionais de saúde para as aldeias.O Ministério Público Federal informou que irá monitorar o repasse dos recursos para a associação indígena para garantir que o Ministério da Saúde cumpra o acordo feito com os tembé.

Mais Sobre Política - Nacional

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servid