Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Anvisa diz que pesquisa sobre preços de remédios está equivocada


Cibele Gandolpho, Agência O GloboSÃO PAULO - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão que fiscaliza os preços dos medicamentos, discorda da pesquisa divulgada pelo Instituto de Defesa dos Usuários de Medicamentos (Idum).A agência acredita que a pesquisa está equivocada ao afirmar que houve reajustes irregulares nos remédios de preço controlado. A pesquisa do Idum é baseada nos preços das farmácias.Mas, a Anvisa afirma que esses preços não representam a realidade, já que podem conter descontos das redes e dos laboratórios, não valendo como referência para uma pesquisa anual.Em 2006, o Idum indicou 700 remédios, que foram fiscalizados pela Anvisa. Apenas um estava irregular. A agência vai investigar os 400 remédios citados e a multa para quem burlar a lei é de R$ 3,2 milhões.MEDLEY - Em nota oficial à imprensa, o laboratório Medley, por sua vez, informou que nenhum medicamento da empresa sofreu ajuste maior do que o permitido por lei e que houve erro na apuração da pesquisa."O Cloridrato de Sertralina teve seu preço erroneamente comunicado pela Medley, em abril de 2006, durante o período de reajuste. A empresa encaminhou retificação às autoridades competentes, informando o preço correto: R$ 82,19."

Mais Sobre Política - Nacional

GENTE QUE MUITO PULA

GENTE QUE MUITO PULA

É melhor ficar quieto e deixar que pensem que você talvez tenha errado do que mexer-se e tirar a dúvida

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos