Porto Velho (RO) sábado, 21 de julho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Amazônia: Governo anuncia estimativa de redução no desmatamento entre 2005 e 2006


Evandro Eboli - Agência O Globo BRASÍLIA - O Ministério do Meio Ambiente anunciou nesta quinta-feira uma estimativa de redução de 30% na taxa de desmatamento da Amazônia no período 2005/2006. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), trata-se da segunda queda consecutiva, já que entre 2004 e 2005 a taxa de redução foi de 31%. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou da cerimônia.Para a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a redução do desmatamento é motivo de muita alegria e confirma a preocupação do governo com a preservação do meio ambiente. Ela ressaltou o trabalho conjunto de treze ministérios "para dar conta desse grande desafio" e citou algumas ações que colaboraram com a redução do desmatamento.O Plano de Prevenção e Controle ao Desmatamento da Amazônia Legal foi criado em 2004 e reúne 13 ministérios na implementação de medidas para a região, com foco no desenvolvimento sustentável e combate a crimes ambientais. Uma das medidas é a ampliação do número de áreas sob proteção federal, que passou de 30 milhões para 49,2 milhões de hectares, com a criação de mais 19 milhões de hectares de unidades de conservação. Além disso, mais de 66 mil propriedades irregulares foram inibidas e homologadas cerca de 93 mil km2 de terras indígenas. De acordo com a ministra, as ações do governo que levaram à redução do desmatamento também evitaram a derrubada de um bilhão de árvores e preservaram a vida de 40 milhões de aves e um milhão de primatas.Marina Silva lembrou ainda que o Ibama realizou 95 operações contra o desmatamento em 2006 e destacou outras grandes operações conjuntas com a Polícia Federal na Amazônia que resultaram na prisão de 379 pessoas, sendo 71 servidores do Ibama, 19 servidores públicos de outros órgãos e 289 madeireiros e lobistas, além da implosão de 23 pistas de pouso clandestinas. - É a nova mentalidade de combater a ilegalidade, e também se estabeleceu ali um novo padrão de desenvolvimento sustentável, como a criação de 20 milhões de hectares de unidades de conservação em área de conflito predatório - afirmou.

Mais Sobre Política - Nacional

MST protesta em frente ao STF contra privilégios do Judiciário

MST protesta em frente ao STF contra privilégios do Judiciário

Ação foi feita pelo Grupo de Agitação e Propaganda do movimento e também denunciou prisão política de Lula

CNJ intima Favreto, Gebran e Moro sobre HC de Lula

CNJ intima Favreto, Gebran e Moro sobre HC de Lula

O ministro corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), João Otávio de Noronha, intimou os desembargadores Rogério Favreto e João Pedro Gebran Ne

Vice-presidente do STJ nega liberdade a Lula

Vice-presidente do STJ nega liberdade a Lula

Ministro Humberto Martins negou nesta quarta-feira 18 um habeas corpus impetrado por um cidadão em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; e

Secretários Executivos dos regionais da CNBB se encontram em Porto Velho(RO)

Secretários Executivos dos regionais da CNBB se encontram em Porto Velho(RO)

Secretários Executivos dos 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) participam em Porto Velho (RO) do encontro que reúne os ar