Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Amazônia: Governo anuncia estimativa de redução no desmatamento entre 2005 e 2006


Evandro Eboli - Agência O Globo BRASÍLIA - O Ministério do Meio Ambiente anunciou nesta quinta-feira uma estimativa de redução de 30% na taxa de desmatamento da Amazônia no período 2005/2006. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), trata-se da segunda queda consecutiva, já que entre 2004 e 2005 a taxa de redução foi de 31%. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou da cerimônia. Para a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a redução do desmatamento é motivo de muita alegria e confirma a preocupação do governo com a preservação do meio ambiente. Ela ressaltou o trabalho conjunto de treze ministérios "para dar conta desse grande desafio" e citou algumas ações que colaboraram com a redução do desmatamento. O Plano de Prevenção e Controle ao Desmatamento da Amazônia Legal foi criado em 2004 e reúne 13 ministérios na implementação de medidas para a região, com foco no desenvolvimento sustentável e combate a crimes ambientais. Uma das medidas é a ampliação do número de áreas sob proteção federal, que passou de 30 milhões para 49,2 milhões de hectares, com a criação de mais 19 milhões de hectares de unidades de conservação. Além disso, mais de 66 mil propriedades irregulares foram inibidas e homologadas cerca de 93 mil km2 de terras indígenas. De acordo com a ministra, as ações do governo que levaram à redução do desmatamento também evitaram a derrubada de um bilhão de árvores e preservaram a vida de 40 milhões de aves e um milhão de primatas. Marina Silva lembrou ainda que o Ibama realizou 95 operações contra o desmatamento em 2006 e destacou outras grandes operações conjuntas com a Polícia Federal na Amazônia que resultaram na prisão de 379 pessoas, sendo 71 servidores do Ibama, 19 servidores públicos de outros órgãos e 289 madeireiros e lobistas, além da implosão de 23 pistas de pouso clandestinas. - É a nova mentalidade de combater a ilegalidade, e também se estabeleceu ali um novo padrão de desenvolvimento sustentável, como a criação de 20 milhões de hectares de unidades de conservação em área de conflito predatório - afirmou.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 30 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)