Porto Velho (RO) sexta-feira, 16 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aliados de Alckmin querem explorar dossiê e declaração de Lula na campanha


Agência O GloboBRASÍLIA - Nestas duas semanas que antecedem a eleição, o candidato Geraldo Alckmin e seus aliados vão explorar o episódio do dossiê contra tucanos supostamente por petistas e a declaração atribuída ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o fechamento do Congresso para tentar levar a eleição presidencial para o segundo turno. O líder do PFL na Câmara, Rodrigo Maia (RJ), disse, neste domingo, não estranhar a declaração atribuída a Lula porque faz parte de um histórico de desrespeito ao Congresso.- Quem fecha parlamento, cassa concessão de TV, fecha jornal. Relembro algumas tentativas dele como Conselho Nacional de Jornalismo, a Ancinav. É uma tentativa de responsabilizar o Congresso pelos escândalos de seu governo. Ele não respeita a democracia - disse Maia, ressaltando que a Câmara é uma representação da população e fiscaliza o governo. - O que ele quer, no fundo, é não ter fiscalização.Para Maia, é a grave o episódio da compra de dossiê contra tucanos, envolvendo petistas.- O mais grave não é o dossiê, é a volta das velhas práticas para o projeto de manutenção no poder. O dinheiro é ilícito com certeza, temos que usar isso no horário eleitoral e cobrar da Polícia Federal investigação séria. É o que vamos fazer nessas duas semanas de campanha - afirmou.Segundo o líder da minoria na Câmara, José Carlos Aleluia (PFL-BA), é preciso investigar a origem do dinheiro em poder de petistas.- Tem de investigar a origem do dinheiro e a intervenção de um partido de forma criminosa no processo eleitoral em São Paulo. É preciso que Polícia Federal abra os dados. Só pode ser dinheiro público - disse Aleluia.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele