Quinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

ALE aprova pensão vitalícia para ex-governadores


Paulo Yafusso, Agência O Globo CAMPO GRANDE - A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou por 18 votos a favor e seis contra, projeto que traz de volta o pagamento da pensão vitalícia aos ex-governadores de R$ 22 mil por mês. Ironicamente, o benefício havia sido suspenso no governo de José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, que vai ser o primeiro contemplado com a medida que, para ser aplicada, ainda depende da sanção do governador. Zeca do PT, que deverá sancionar o projeto, deixará o cargo no próximo dia 1, para a posse do novo governador André Puccinelli (PMDB). O projeto que vai beneficiar Zeca do PT foi aprovado em primeira votação pela manhã e pela segunda vez na sessão extraordinária realizada à tarde. Nessa mesma sessão os parlamentares decidiram que o recesso parlamentar passa a ser de 55 dias por ano e não mais 90 dias. A pedido do deputado Semy Ferraz (PT), a votação foi secreta. À tarde, o deputado Antonio Carlos Arroyo (PL) chegou a mostrar o seu voto, mas foi advertido pelo presidente da Casa, deputado Londres Machado (PL) de que o voto era secreto. Advertência que não intimidou o deputado petista Pedro Teruel (PT), que mostrou o voto contrário. Pela manhã, a sessão foi acompanhada por um grupo de servidores ligados à Federação dos Trabalhadores na Educação (Fetems), que é contra a volta do pagamento da pensão vitalícia aos ex-governadores. Pelo comportamento ostensivo, um dos manifestantes foi "convidado" a se retirar do local. O projeto aprovado traz algumas mudanças não previstas na primeira versão. As emendas foram apresentadas por Semy Ferraz, e detalham que o benefício não pode ser cumulativo nos casos em que o ex-governador assumir um cargo público. Ele terá que fazer a opção em continuar recebendo a pensão ou a remuneração paga pelo cargo que ocupar. No caso em que a preferência for pela segunda opção, assim que ele deixar a função pública, volta a receber o benefício. Outra mudança é que, com a morte do beneficiário, a viúva só terá direito a receber 50% da pensão. Antes, o projeto previa pagamento integral. A aprovação da pensão vitalícia não desagradou apenas os servidores ligados à Fetems. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul, Geraldo Escobar, não acompanhou a votação por estar em viagem ao interior do Estado. Mas adiantou que a entidade vai entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra a lei que recriou a pensão vitalícia para os ex-governadores. Pelos novos salários aprovados pelos deputados há duas semanas, o governador Zeca do PT deve receber a pensão a partir de janeiro 2007 já com o valor reajustado, ou seja, R$ 22 mil por mês.

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Quinta-feira, 25 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)