Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aldo diz que oposição 'brinca' com a democracia e quer ganhar eleição no 'tapetão'


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - Antes de embarcar para o 2º Foro Parlamentar Ibero-americano no Uruguai, o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PcdoB-SP), comentou as afirmações dos líderes da oposição de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem que apresentar uma decisão sobre o episódio da compra do dossiê da máfia das ambulâncias contra os políticos tucanos antes do primeiro turno das eleições. Para Aldo, a oposição já se considera derrotada nas eleições e por isso parte para uma manobra para passar por cima da vontade popular.- Essa sentença é esperada por quem? Eu acho que, se a oposição já pensa que pode resolver a eleição no tribunal, é porque já deve estar dando a eleição como perdida. Eu acho que a eleição se decide nas urnas. Achar que pode substituir a decisão do povo pelo tapetão dos tribunais é brincar com a democracia. Como essas forças procederam dessa forma em 1954, em 1955, quando tentaram no golpe impedir a posse do presidente Juscelino, como procederam dessa forma em 1961, em 1964, porque em todos esses episódios essas forças foram rejeitas pelo povo. Então, essas forças sempre procuram um atalho. E um atalho muitas vezes é um golpe do tapetão - disse Aldo.Para o presidente da Câmara, se a oposição respeitasse a democracia, esperaria para resolver essa situação nas urnas.- Eu acho que aqueles que respeitam a democracia devem ter compromisso em respeitar a vontade do povo brasileiro. O desejo dessas vozes das trevas, das vozes do desespero, daqueles que não acreditam na democracia nem na vontade do povo, não encontrará respaldo no TSE, porque o TSE não vai acolher nenhum tipo de chicana, nenhum tipo de atalho, nenhum tipo de conspirata para tirar do povo brasileiro o direito de eleger o seu presidente - disse Aldo.

Mais Sobre Política - Nacional

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Diversas lideranças indígenas procuraram os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB) e Adão Salvatico (PRB), em Espigão do Oeste, para tentar impedir a ex

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Mulheres vítimas de violência doméstica estão mais perto de conquistar direito à indenização por danos morais. Pelo texto do Projeto de Lei 1380/19, q

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o regime de capitalização, um dos pilares da proposta de reforma da Previdência idealizada pelo ministro da Ec