Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin reage a comparação com Hitler


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboCASCAVEL (Ceará) - O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, reagiu às declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT à reeleição, que comparou o discurso da oposição ao de Adolf Hitler. Lula falou que a oposição "daqui a pouco vai querer mudar de povo" porque ele tem a preferência do eleitorado. Segundo Alckmin, a declaração de Lula é descabida e o petista é que tem agido de forma autoritária.- Isso é totalmente descabido (a comparação com Hitler). Não tem o menor cabimento. Quem tem perfil autoritário é esse governo que quer controlar a imprensa, a Ancinav e o mensalão. O mensalão é a maneira autoritária de submeter um Poder a outro - disse Alckmin.O tucano fez uma caminhada na cidade de Cascavel, a 70 km de Fortaleza. Ele estava acompanhado do senador Tasso Jereissati e do deputado e candidato ao Senado Moroni Torgan (PFL-CE). O governador do Ceará, Lúcio Alcântara, que é candidato à reeleição, não participou do evento e nem deve se encontrar com Alckmin. Alcântara tem reclamado do apoio do seu partido e até já usou a imagem de Lula em sua propaganda eleitoral.Em discurso no Templo da Assembléia de Deus de Santa Cruz, Zona Oeste do Rio, nesta sexta-feira, Lula atacou aqueles que, segundo ele, desprezam os pobres. Para Lula, tem gente "que gostaria de trocar o povo brasileiro". Segundo o petista, essa idéia já gerou filosofias perigosas "como a idéia de uma raça superior defendida por Hitler". Na ocasião, Lula afirmou ainda que outros presidentes tiveram vergonha de assumir o apoio dos evangélicos. E encerrou seu discurso se dizendo crente.- Somos todos crentes. Somos todos brasileiros. No final da tarde, Lula e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, participaram do terceiro teste industrial do HBio na refinaria Alberto Pasqualini (Refap), na região metropolitana de Porto Alegre.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a