Porto Velho (RO) domingo, 27 de maio de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Alckmin: PSDB pode sair do gov.Temer a qualquer momento


Por Tiago Muniz/Jovem Pan

fonte: Reprodução/TV NBR
Gente de Opinião
Governador disse que quer "aguardar um pouco mais, acabar as reformas, coisa de 30, 60 dias"

Geraldo Alckmin afirmou que o PSDB pode deixar o governo Temer a qualquer momento e disse que o partido não deveria ter nem indicado ministros. O governador de São Paulo deu a declaração nesta segunda-feira (19) durante vistoria às obras da estação Engenheiro Goulart da CPTM na Zona Leste de São Paulo.

Ele repetiu o mantra da necessidade de aprovação das reformas no Congresso independentemente da permanência ou não da sigla na base aliada.

Geraldo Alckmin disse que sempre foi contra a nomeação de tucanos para o ministério de Michel Temer.

"Nós podemos sair a qualquer momento. Sair é deixar de ter ministério. Aliás, eu acho isso absolutamente secundário. Tanto é que quando houve o impeachment, eu era contra que o PSDB ocupasse ministérios. Sempre fui contra. Mas a maioria decidiu, então (o PSDB) participa com alguns ministros", afirmou.

O governador de São Paulo falou ainda que o partido tinha três posições sobre a questão da permanência na base governista.

"Você tem a posição daqueles que queriam sair, imediatamente. Você tem a posição daqueles que tratam como um casamento, até que a morte os separe. E você tem a nossa posição, de aguardar um pouco mais, acabar as reformas, coisa de 30, 60 dias", disse.

Aécio

O governador de São Paulo preferiu não dizer qual a opinião sobre o que o partido deveria fazer caso Aécio Neves tenha a prisão decretada pelo STF.

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal deve analisar nesta semana um pedido de prisão protocolado pelo procurador geral da República contra o senador mineiro.

Rodrigo Janot avalia que Aecio continuou exercendo funções políticas mesmo afastado do cargo.

Geraldo Alckmin disse que não se manifesta falando de hipóteses e prefere aguardar o desfecho do julgamento.

Mais Sobre Política - Nacional

Maia volta a atacar Temer: "governo fraco"

Maia volta a atacar Temer: "governo fraco"

Rodrigo Maia, voltou a atacar Temer, em sua queda de braço pela liderança das forças de direita; o motivo foi o decreto de Temer que colocou as Forças

Petroleiros convocam greve de 72 horas contra o caos de Temer e Parente

Petroleiros convocam greve de 72 horas contra o caos de Temer e Parente

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos filiados convocam a categoria petroleira para uma greve nacional de advertência de 72 horas

CFM divulga pesquisa do Datafolha sobre demandas da população aos políticos eleitos

CFM divulga pesquisa do Datafolha sobre demandas da população aos políticos eleitos e avaliação da saúde no Brasil

Renan avisa: ou Temer demite Parente, ou cai

Renan avisa: ou Temer demite Parente, ou cai

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) mandou um recado a Michel Temer, que assaltou o poder por meio de um golpe parlamentar e hoje é rejeitado por quase