Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aeronáutica: Controle aéreo será feito por novo órgão civil


Agência O GloboBRASÍLIA E RIO - O Ministério da Aeronáutica afirmou, em uma nota divulgada neste sábado, que concorda com a desmilitarização dos controladores de vôo, em conseqüência da negociação iniciada nesta sexta-feira entre o governo e controladores. O controle do tráfego aéreo deverá ser independente da gestão militar, assumindo a natureza civil. De acordo com a nota, os controladores continuarão exercendo suas atividades e um novo órgão será criado para gerir o setor, sendo subordinado ao Ministério da Defesa. ( Leia a íntegra da nota). A desvinculação dos militares era uma das reivindicações dos controladores que entraram em greve na sexta-feira à noite, provocando caos em vários aeroportos do país.A Aeronáutica frisa, na nota, que manterá a atribuição institucional de controle do espaço aéreo, cabendo ao novo órgão a ser criado o controle da circulação aérea geral.O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, avalia que a desmilitarização do setor será uma questão de dias:- Isso já era orientação do presidente Lula e nós já estávamos trabalhando neste sentido. Desde o que aconteceu na sexta, pelo que percebi, o próprio brigadeiro Saito (Juniti Saito, comandante da Aeronáutica), o comando da Aeronáutica e o Ministério da Defesa, todos estão coesos de que essa é a melhor saída. Portanto, essa decisão é uma questão de dias. A partir da semana que vem, vamos começar a negociação de salários, a mudança da natureza do serviço. Vamos agoraresolver de vez. 'Inferno' na Semana SantaApesar do posicionamento da Força Aérea, os controladores continuaram pressionando o governo. O advogado da Associação Brasileira dos Controladores de Tráfego Aéreo, Normando Cavalcanti Junior, disse que se o governo descumprir o acordo que fechado poderá haver nova paralisação e "um inferno" na Semana Santa".- Não há prazo estabelecido. A desmilitarização e o quadro de carreiras devem demorar uns dois meses. Na Semana Santa, as pessoas que forem voar podem ficar tranqüilas, desde que o governo não volte atrás no que foi prometido. Se o governo protelar essa situação, os controladores podem voltar a paralisar suas atividades. Se a partir de terça as promessas não forem colocadas em prática a Semana Santa pode ser um inferno.O acordo entre os controladores e o governo federal foi fechado horas após a paralisação de sexta-feira, Foram aceitas as exigências de rever salários, criar um plano de carreira e começar a discutir a retirada da função da área militar. O governo também concordou em cancelar todas as transferências de operadores para outras cidades feitas nos últimos seis meses, vistas pela associação como uma forma de retaliar os grevistas.Infraero otimistaO presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, no entanto, descarta novos problemas no feriadão.- Acho que não é possível piorar.Indagado sobre o risco de haver um novo protesto de controladores, o brigadeiro disse que o acordo negociado pelo governo deve resolver a questão.- Não quero ter uma queimadura de segundo grau (na língua), mas estou confiante que, com o acordo firmado, as coisas vão ficar bem. Os controladores estão satisfeitos e o que estou vendo é avião voando para tudo quanto é lado.Um balanço da Infraero divulgado no início registra atraso em 286 vôos até as 17h. Em nota divulgada no início da noite a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que, segundo estimativa do órgão, mais de 18 mil pessoas foram prejudicadas com a greve dos controladores. A agência acredita, no entanto, que boa parte dos passageiros conseguiu embarcar e chegar a seu destino no dia.Lula afirma que problema no setor aéreo é de gestãoO presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está em viagem aos EUA, afirmou que a crise no setor no setor aéreo é um problema antigo de gestão, agravado com a colisão entre o Legacy e o avião da Gol, que matou centenas de pessoas.( Aviação brasileira enfrenta problemas desde junho do ano passado )Lula afirmou que espera uma solução definitiva para o problema até a próxima terça-feira, mas já na segunda-feira terá uma ampla reunião como vice-presidente José Alencar; o ministro da Defesa, Waldir Pires; o comandante da Aeronáutica, e o ministro do Planejamento.Lula confirmou ter desautorizado a prisão de um grupo de controladores de vôo na noite de sexta-feira, sob o argumento de que não há substitutos para dar continuidade ao serviço.

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Marco Aurélio libera para votação denúncia de racismo contra Bolsonaro

Ministro Marco Aurélio Mello, do STF, liberou para a inclusão na pauta da 1ª Turma da corte o julgamento contra o candidato da extrema-direita a presi

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

Morre Otavio Frias Filho, diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo

O diretor de redação do jornal Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho, morreu nesta terça-feira no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, vítima de um câ

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';