Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

ACM continua na UTI, sem previsão de alta


Agência O GloboRIO - O senador Antonio Carlos Magalhães (DEM-BA), internado desde quarta-feira no Incor, em São Paulo, permanece na UTI, com quadro clínico estável, segundo boletim médico divulgado na tarde desta quinta-feira. ACM está sendo tratado com remédios para o coração. Não há previsão de alta. O senador é portador de insuficiência cardíaca, em decorrência de um infarto de extensa proporção, ocorrido em 1989.A seguir, a íntegra do boletim médico:"Permanece estável o quadro clínico do senador Antonio Carlos Magalhães, 79 anos, em seu segundo dia de internação na Unidade de Terapia Intensiva do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP). A insuficiência cardíaca congestiva que acomete o senador encontra-se compensada sob uso de medicamentos. Nessa condição, seus parâmetros cardíacos e hemodinâmicos permanecem normais."O senador ficará na UTI por tempo indeterminado, sob tratamento medicamentoso e monitorização contínuos. Seu nível de consciência e comunicação é normal, assim como sua capacidade de locomoção. A dieta alimentar continua restrita e é ministrada por via oral."Novo boletim médico será divulgado nesta sexta-feira (20/4), a partir das 13h."

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que